ONDE A VIDA ME LEVA - Mestre Eros
00:00 / 00:00

A capoeira nao sai de mim

Levo comigo aonde eu vou

Laia laia

Intensa vontade de dividir

Tudo que eu aprendi, eu passo

O que meu mestre me ensinou

Ah, onde a vida me leva

Levo o meu berimbau

 

Coro : ah, onde a vida me leva

Levo o meu berimbau

 

Quando vejo meu mestre jogar

Com o seu mestre me da um arrepio

é tanta mandinga, é tanto saber

nem todos vao entender

que tudo isso é tempo

 

Coro

 

Levo a vida com muito suor

Agradeço a Deus o que eu sou

Invento cantigas pro tempo passar

Nao tenho medo de me expressar

Eu sou que eu sou, aonde estou

 

Coro

 

Ao fechar os olhos eu posso ver

Momentos bons que eu passei

Imagino o tempo que eu vivi

As roas boas que andei por ai

Eu tenho muito para aprender

Gingado do capoeira

Gingado no balançar

Gingado com expressao

Gingado no jeito de andar

Manganga sempre dizia

Por debaixo de cerca nao se passa nao

Se passar perde a mandinga

e acaba com um arranhao

Coro

A liberdade que o povo queria

Pediu pra Deus e pra Virgem Maria

Mande um guerreiro

Vem nos ajudar

Com sua luta nos libertar

Coro

A rasteira é um movimento magico

Que muita gente nao acredita nao

Mas quando pega de bom jeito

Nem ninja escapa do chao

Prepara a minha viola

Que hoje a roda de Amaralina

Um berimbau dois pandeiros

Homenagem ao mestre Bimba

.

 

Eu vou invocar D. Alice

Pra fazer a mulher barbada

Pois eu quero ver alegria

Nao quero ver gente de cara amarrada

Coro

Eu quero ouvir toque de iunà

E a cintura desprezada

Meia lua, armada, aù com rolê

Negativa, cocorinha e cabeçada

Please reload

GINGADO - Mestre Joao de Deus
00:00 / 00:00
PREPARA MINHA VIOLA - Mestre Eros
00:00 / 00:00
HOJE NAO SINHA - Mestre Eros
00:00 / 00:00

De segunda sexta feira

Cana e colheita do café

Engoma a roupa do patrao

Esquenta a aguà para seus pés

Hoje nao sinha

Hoje nao sinha

Hoje nao, hoje eu vou vadiar

Mae preta tà na cozinha

Negro no canavial

Menino vai dar recado

Aia acompanha sinhà

Coro

Tem batuque na senzala

Tem culto pros orixàs

O banzo é a saudade

A tristeza é no olhar

Coro

Castigo tanto chicote

Tanta maldade, tanta dor

Tanto gemido, tanta morte

E o toque do tambor

Eh lua branca ê

Lua de maré

Lua das bahianas

Na praça da Sé

Tem caruru, vatapà e acarajé

Desci o morro

Passei na rampa do cais

Berimbau tocava

Formava a roda

Era bom demais

Coro

ô cabeçada

Cai no rolê

Levanta do chao

Volta do mundo

Pra pedir a proteçao

Coro

Hojé dia de roda iaia

Tem pernada ligeira

Todo mundo canta e se encanta

Com a capoeira

Toca Bimba que eu quero ouvir

Toca bimba que eu vou jogar

Quando menino eu jà ouvia

Sobre capoeira regional

Que foi criada na Bahia

Ao som do pandeiro e o berimbau

Coro

O mestre Bimba com muita sabedoria

A capoeira regional ele criou

O seu legado a sua vida

A capoeira o seu amor

Coro

o mestre Bimba quando deixou a Bahia

Disse que ali ele nao tinha o seu valor

E com tristeza e saudade

O grande mestre nos deixou

Coro

Quando ouço os toques do mestre Bimba

é como se ele estivesse aqui

Entao eu peço com alegria

Toca Bimba que eu quero ouvir

Please reload

LUA DAS BAHIANAS - Mestre Joao de Deus
00:00 / 00:00
TOCA BIMBA - Mestre Eros
00:00 / 00:00
PALAVRA DO MESTRE - Mestre Joao de Deus
00:00 / 00:00

Ser mestre é difficil, mas nao impossivel

Ser mestre exige sacrificio

Ser mestre é feito com dedicaçao

ser mestre é feito com coraçao

Vai la, la la la laué

La, lauê iê, lauê iê, lauà

la la la lauê

Você ensinando aprende tambem

Você ensinando faz bem a alguém

E vai semeando nos alunos seus

Um pouco de paz, um pouco de Deus

Vai là, la la la lauê

Coro

Mas se um dia eu cair

Me deu a sua mao

Me ajuda a levantar

Para jogar capoeira

Lalauê, lalauê, lauà

Olha vai comecar

é na palma da mao

Responde esse coro com axé

pro jogo ficar bom

ê Bahia

ê Bahia, ia ia ia

Meu mestre tà na roda

O Mao Branca jà vem

Essa roda de bamba axé

eu quero jogar também

Coro

Para quem é da casa

Para os convidados

Para a capoeira axé

Um berimbau tocado

Sul da Bahia eu

Sul da Bahia eu

Sul da Bahia lê lê

Ao som do berimbau

Nas ruas do Arrial

Hoje é mundial

Cantamos com alegria

E o nosso saber

Que o Mestre Railson

Foi quem ensinou

Lê lê lê lê lê

Lê lê lê lê

Coro

De norte ao sul

De leste ao este

Levo o respiro pra ser respaitado

Lê lê lê lê lê

Lê lê lê lê

Coro

Traga o coco 

Pra fazer cocada

Traz o balanço da ginga

E a berimbalada

Lê lê lê lê lê

Lê lê lê lê

Please reload

SUL DA BAHIA - Mestre Joao de Deus
00:00 / 00:00
E BAHIA - Mestre Eros
00:00 / 00:00